O queijo que conhecemos hoje foi descoberto acidentalmente, ao que tudo indica no ano de 2800 a.C., quando o leite ficou armazenado no fogo ou guardado em um saco feito do estomago de um animal. O resultado surpreendeu, já que a bebida se separou em um líquido fino e esbranquiçado, o soro, e uma porção sólida, o queijo.

Considerado uma iguaria na culinária, o queijo é um alimento presente nos preparos do dia a dia. Em suas diversas formas, cores, texturas e origens, o ingrediente dá um toque especial nas receitas. A Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de queijos do País, dá algumas dicas de como esse produto é tão versátil e saboroso. Veja abaixo:

Queijo mussarela: um dos mais utilizados nas receitas do dia a dia, tem um sabor suave e derrete com facilidade. Está presente nos preparos quentes como pizzas, tortas e lanches ou até mesmo em saladas.

Queijo parmesão: tem sabor mais acentuado e textura dura, sendo mais utilizado ralado sobre massas e molhos para realçar os pratos. É uma ótima opção para gratinar ou para compor uma tábua com diferentes tipos de queijos.

Queijo gorgonzola: o queijo tem um sabor intenso e picante com textura cremosa. Por ser picante e de sabor mais acentuado, é utilizado para incorporar molhos, massas e sopas. É uma boa opção para uma tábua de frios, acompanhando  uvas verdes, geleias doces e até mesmo mel. O sabor é surpreendente.

Queijo reino: Firme, porém cremoso, o queijo do Reino é levemente picante e salgado. Muito comum no nordeste do país, ele pode ser usado em lanches, recheios de tortas, massas e pode até mesmo ser fatiado nos lanches.

Queijo Gruyère: é um dos queijos que compõe a tradicional fondue suíça e os deliciosos croque monsieur e madame. Tem um sabor suave e adocicado, além de derreter sem dificuldades, sendo uma ótima escolha no preparo de quiches, recheio de sanduíches e pães. Fica delicioso e tem seu sabor realçado quando acompanhado de figos secos, nozes e presunto defumado ou di parma.

Queijo Gouda: semi-duro ou duro, dependendo do tempo de maturação, o queijo Gouda tem sabor levemente adocicado e que se intensifica conforme vai envelhecendo. Presente nas tábuas de queijo, o Gouda permite combinações com frutas, vinhos e cerveja. Pela sua textura e fácil derretimento, é uma boa alternativa para recheios.

Queijo Brie: seu consumo pode ser puro, acompanhado de geleias doces, amêndoas e frutas.

Outros queijos como a ricota, usada para rechear, ou o queijo minas frescal, acompanhando sobremesas, são bem versáteis. Basta usar a imaginação. Para inspirar, duas receitas saborosas: Sanduiche Gratinado do Reino Quiche Lorraine.