O Horto Florestal, em Salvador, vai ganhar um novo empreendimento: o Monvert (“meu verde” em francês). O residencial marca o retorno da OR à região que ajudou a desenvolver por meio de empreendimentos como o Vale do Loire, Albalonga e o Chácara Suíça.

Inspirado na percepção de que o verde conecta as pessoas, o Monvert vai proporcionar experiências de integração com a natureza através de uma área verde preservada, com mirante integrado à vegetação, e acesso à uma praça arborizada de 3.500 m² incentivando o lazer ao ar livre.

A conexão com o meio ambiente aparece também na filosofia de sustentabilidade que caracteriza o novo empreendimento. Um exemplo é a presença de estação de captação de energia solar para alimentar a iluminação das áreas comuns, sistemas de reaproveitamento de água e estação de tratamento próprio para uma melhor gestão dos recursos hídricos.

O Monvert alia ainda integração com a natureza às conveniências da vida urbana. Isso devido à sua localização próxima a uma extensa infraestrutura de serviços como farmácias, supermercados, escolas, postos de gasolina, hospital, universidade, restaurantes e delicatessens.

O empreendimento – o Monvert terá duas torres com apartamentos de alto padrão de 230 m² e 285 m², dois por andar. Na equipe por trás do projeto, nomes de profissionais renomados como Sidney Quintela (projeto arquitetônico), Alex Hanazaki (paisagismo) e Flávio Moura (interiores). Vale destacar ainda que esse lançamento residencial da OR faz parte do compromisso da incorporadora com o desenvolvimento econômico e melhoria da sociedade: o empreendimento vai gerar 1.500 empregos diretos.