Manter a disciplina é, sem dúvida, a parte mais difícil para quem assume uma rotina de exercícios físicos.  Porém, a tarefa de pular um dia de treino se torna mais difícil quando se tem uma companhia para ir à academia. Treinar com amigos não é algo que todo mundo gosta de fazer, mas muita gente prefere sair para correr ou ir para a academia acompanhada, porque alega que sozinha não tem um rendimento tão bom ou, ainda, o apoio necessário para ir até o fim do exercício em questão. Um estudo divulgado pela Escola de Enfermagem da USP revelou que treinar acompanhado de um(a) amigo(a), namorado(a) ou mesmo de algum parente, ajuda a reduzir o estresse, pois a interação social entre os praticantes faz com que um apoie o outro. Para Guilherme Reis, coordenador geral da Rede Alpha Fitness, alunos que treinam em companhia de amigos tendem a encontrar maior motivação e a se engajarem mais ao malhar, trazendo melhores resultados. “A presença de um amigo serve de apoio para quem quer se manter fiel aos seus objetivos. Além disso, eles podem se ajudar acompanhando a evolução de cada um nos treinos e compartilhando as dificuldades encontradas em cada série realizada. Ou até mesmo usarem juntos os equipamentos, com um treinando no descanso do outro”, comenta Guilherme. O especialista acrescenta que a prática conjunta de exercícios também estimula o sentimento saudável de competitividade entre os praticantes. “Se encarada de modo saudável, essa competitividade pode ajudar a ultrapassar desafios e estipular novas metas”, diz o coordenador.