Como já é tradição de todas as edições do PercPan, ótimas surpresas aguardam o público do festival, algumas delas com sotaque estrangeiro e muita estrada mundo afora. Nesta edição, é grande a expectativa em torno da apresentação da cantora cubana Omara Portuondo, que faz o último show do evento no próximo dia 4 (sábado), às 22h, no Largo da Mariquita. Lenda viva, a artista sobe ao palco no Rio Vermelho aos 87 anos com a promessa de uma aparição memorável.

Conhecida mundialmente por ser a voz feminina do icônico projeto Buena Vista Social Club, Omara possui mais de meio século de carreira. Natural de Havana (Cuba), a cantora começou a carreira artística como dançarina e mais tarde começou a cantar com o grupo Cuarteto las d´Aida. Seguindo em carreira solo, Portuondo passou a ser conhecida principalmente por suas interpretações de boleros, chegando a ser comparada a cantoras como a americana Billie Holiday e a francesa Edith  Piaf.

Prestes a completar 87 anos (29/10) e com mais de 25 discos lançados, a cubana é considerada uma lenda viva da música. Não a toa já foi tema do documentário Omara: Cuba e gravou a faixa “Veinte Anos” no filme e disco do projeto Buena Vista Social Club, que reuniu os maiores nomes da música cubana e vendeu mais de 1,5 milhão de cópias ao redor do mundo.

Serviço:

22ª  EDIÇÃO DO PERCPAN – PANORAMA PERCUSSIVO MUNDIAL

ATIVIDADES SOCIOEDUCATIVAS

1º de novembro (quarta-feira)

11h – MESA REDONDA: “Ética e Integração Cultural na Música”

Local: Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA – Ondina

16h às 17h – Workshop de Produção Musical com as crianças da Rumpilezzinho

Com: Alê Siqueira

Local: Rua Frei Vicente – Casa XVI ( antiga Ladeira de São Miguel) – Pelourinho

 PROGRAMAÇÃO MUSICAL

3 de novembro (sexta-feira)

LOCAL: Largo da Mariquita – Rio Vermelho

Mestre de Cerimônia: Lenine

19h30 – Brazilian Piper

20h30 – Baco Exu do Blues

21h30 – Letieres Leitte & Orkestra Rumpilezz e Lenine

Aberto ao público

4 de novembro (sábado)

LOCAL: Largo da Mariquita – Rio Vermelho

Mestre de Cerimônia: Lenine

19h – Ilê Aiyê

20h – Dão e a Caravana Black

21h – Bongar e Santeria Cubana

22h – Omara Portuondo

Aberto ao público