Após a compra da Avon pela Natura, as duas marcas devem continuar existindo de forma separada, e as consultoras, maior força de venda das empresas, poderão vender apenas uma das marcas, afirmou o presidente da Natura, João Paulo Ferreira.

“As marcas possuem identidades próprias e devem continuar assim”, afirmou. “A maioria das nossas consultoras, espontaneamente, trabalha com as duas marcas. A ideia é criar plataformas para facilitar a vida delas”, afirmou o executivo.