O nome “frappé” vem do francês e significa “batido”, mas quando utilizado para bebida, o significado passa ser “frio ou gelado”, espumado num shaker ou liquidificador. No Dia Mundial doCafé, no próximo domingo (14/04), conheça o café frappé, uma bebida de verão popular na Grécia e no Chipre e um queridinho dos clientes da Perini, que oferece opções especiais do drink com preço de R$ 14,00 (300ml) e R$ 17,00 (500ml).

Considerado a principal e mais conhecida bebida de todo o mundo, o café é consumido por nove entre dez brasileiros acima de 15 anos, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic). O sucesso é tanto que a Perini abriu o Café Perini, no Costa Azul, especializado no preparo da bebida. No cardápio estão cerca de 30 opções de café, com variações que vão do quente ao gelado, do expresso ao frappé.

Os frappés mais elaborados são: mocha chocolate com expresso, sorvete de creme, calda de chocolate e chantily; mocha de doce de leite e mocha de avelã, este, com expresso, sorvete de creme, syrup (xarope) de avelã, creme de avelã e chantilly. Mas há ainda o “frappé café” apenas com sorvete de creme e chantilly, além dos cafés gelados com limão e mel ou sorvete com calda de caramelo e chantily, a partir e R$ 7,00.

O Café Perini tem como parceiro exclusivo o Latitude 13, produzido na Chapada Diamantina/BA a partir de grãos 100% arábica, torrados cuidadosamente para ressaltar suas características diferenciadas. Os clientes também podem escolher um método mais artesanal de preparo, a exemplo do mini coador e da cafeteira globinho, aparelhos portáteis que também serão comercializados no local, que ajudam a regular a intensidade do café ao gosto do cliente, potencializando o sabor e produzindo aromas únicos.