Enquanto os turistas e soteropolitanos estavam curtindo o Carnaval da capital baiana, Aleixo Belov passou a folia bem longe do agito, lá no Oceano Pacífico. O comandante atracou em Bali, na Indonésia, onde está descansando e fazendo a manutenção do barco, após enfrentar um trecho de tempestade em alto mar. “Pegamos ventos com mais 50 nós e muita chuva, o que resultou no estrago de alguns equipamentos, como rasgos em algumas velas do Fraternidade. Os próximos dias serão para repor as energias e, depois, seguir a viagem de retorno ao Brasil”, relatou o ucraniano, que ficou conhecido na década de 80 como ‘navegador solitário’, por ser o primeiro brasileiro a dar a volta ao mundo sozinho em um veleiro.

Tempestade – Antes de Bali

https://www.youtube.com/watch?v=kicdzhhb7wU&feature=youtu.be