Amantes de arte, seja ela clássica, moderna ou contemporânea, usualmente ficam na dúvida de como incluir quadros e esculturas na decoração da casa. As angústias mais frequentes são referentes a quais ambientes permitem receber objetos de arte e, principalmente, como incluí-los sem que deixem o espaço “carregado”.

Abaixo, dicas que ajudam a responder tais dúvidas.

ONDE PODE FAZER ARTE?

A resposta é muito fácil: praticamente todos os locais da casa recebem bem um objeto de arte. Existem apenas alguns cuidados ao escolher o que colocar em cada ambiente.

_Cozinha: frequentemente, tem umidade, gordura e vapor, o que pode danificar quadros. Por isso, esculturas ou quadros que sejam protegidos por vidro são mais adequados para decorar cozinhas.

_Lavabo: esculturas grandes e longilíneas, peças miúdas para apoiar na pia e quadros pequenos são muito bem-vindos em lavabos.

_Quarto: por ser um espaço de tranquilidade e repouso, vale escolher quadros com cores suaves e esculturas com formas curvilíneas. Ambas as escolhas têm fortes chances de levar aconchego ao ambiente.

_Sala: seja na sala de TV ou de estar, nestes ambientes vale tudo. Desde pequenos quadros a grandes esculturas; extensas telas e miúdas peças decorativas combinam com as áreas de convivência.

COMO FAZER ARTE?

A única regra para incluir arte em qualquer ambiente da casa é decorar com equilíbrio, que é intrínseco a duas variáveis: a quantidade e o tamanho dos itens.

_Quantidade: muitos objetos podem poluir e, em alguns casos, até dar a sensação de diminuir o ambiente. Se as esculturas ou quadros forem as primeiras a serem escolhidas num projeto de decoração, posicione-os previamente nos espaços e preencha os “vazios” com os móveis. Se a aquisição dos objetos de arte acontecer depois que o ambiente estiver decorado, vale imaginar (em alguns casos até projetar) cada um deles no local antes de realizar a compra.

_Tamanho: esta variável está ligada à escolha se os objetos de arte serão protagonistas da decoração ou apenas itens decorativos. Como é de se esperar, peças grandes têm invariavelmente grande impacto no ambiente. Porém, esculturas e quadros pequenos podem ocupar um papel de protagonista se colocados isolados em um espaço reservado só para eles.

E aí, pronto para decorar sua casa com muita arte?