Esponjas de banho, lâminas de barbear, fio dental e hastes flexíveis são alguns dos produtos que costumam fazer parte da rotina de higiene da maior parte das pessoas. Mas, apesar de serem muito conhecidos, nem sempre esses itens são usados de forma correta. Adriano Ribeiro, farmacêutico da rede de farmácias Extrafarma, explica como utilizar os produtos de higiene mais comuns sem colocar a saúde em risco.

Hastes flexíveis – O uso de hastes flexíveis não é indicado para a limpeza da parte interna do ouvido, pois pode machucar o canal auditivo e retira a cera que funciona como proteção para o órgão, impedindo a entrada de poeira e sujeira. A cera também possui propriedades antibacterianas e lubrificantes, por isso o recomendado é retirá-la somente quando estiver na parte externa do ouvido, jamais no canal auditivo.

O cuidado deve ser redobrado em crianças e bebês. Nesse caso, as hastes flexíveis devem ser usadas sempre após o banho e somente para limpar as curvas e a parte de trás da orelha. As hastes flexíveis também são ótimas para auxiliar na limpeza da maquiagem, sobretudo para a retirada de sombra e rímel nos cantos dos olhos.

Fio dental – Saber usar corretamente o fio dental é muito importante para a higiene e a saúde dos dentes e da boca.  O fio dental ajuda a remover a placa bacteriana e os restos de comida que ficam presos nos dentes e nas gengivas, chegando a locais que a escova de dente normalmente não alcança. O fio dental deve ser usado diariamente, após cada refeição. Veja abaixo como usá-lo de forma correta.

Esponja para banho – Atualmente, há vários modelos de esponja para banho de fibras naturais e sintéticas. Para todos os tipos, deve-se evitar a contaminação e proliferação de bactérias. Uma dica é enxaguar bem a esponja depois do uso e procurar deixá-la secando em um ambiente arejado após o banho. Também é importante substitui-la com frequência, principalmente se notar que a esponja está muito mole, mudou de cor ou está com um cheiro diferente.

Outra dica é evitar o uso da bucha vegetal se a pele estiver muito seca, com alergias ou muito queimada de sol, pois a fricção da esponja pode deixar a pele irritada. Neste caso, deve-se fazer a preferência para o uso de esponja de um tipo mais macio, como a de espuma, que também é ideal para dar banhos em bebês.

Lâmina – Assim como acontece com a esponja de banho, a lâmina de barbear ou depilar pode ser contaminada por fungos se for guardada em um local muito quente e úmido, como é o caso do box do chuveiro. Mesmo usando a lâmina na hora do banho, o ideal é guardá-la em um local seco e arejado.

Outro cuidado a ser tomado é sempre preparar a pele antes de passar a lâmina, para evitar irritações. Umedeça o local a ser depilado com água morna, para abrir os poros, e proteja-o com espuma ou gel próprio para depilar ou barbear. Após usar a lâmina, enxague bem o local. Há produtos pós-barba que também podem ser utilizados, como loção ou gel, que contém agente antisséptico para prevenir infecções através dos cortes, comuns durante o processo de barbear, ou agentes para manter a pele úmida, evitar o ressecamento e perfumar.