A TIM ampliou o seu plano de abertura de novas lojas parcerias em 2017. Este mês, a companhia acaba de inaugurar em Salvador dois quiosques, um no Salvador Shopping e o outro no Shopping da Bahia.  Ainda em novembro serão abertas mais três lojas no estado, nas cidades de: Feira de Santana, Jequié e Itabuna. Já em Sergipe, serão contempladas duas cidades: Nossa Senhora do Socorro e Itabaiana.

As novas lojas vão comercializar planos e serviços da operadora, além da linha de aparelhos que compõem o portfólio da TIM, chips e acessórios, e ainda prestar serviços de atendimento e pós-venda. O plano da companhia para 2017 aponta para um crescimento na comparação com o ano de 2016. No comparativo de setembro de 2017, com o mesmo mês do ano anterior, houve um crescimento de 29% do número de lojas abertas no acumulado dos dois estados, o que mostra o aumento crescente da procura pelo modelo de negócio.

De acordo com o diretor de Vendas da TIM Nordeste, Daniel Moreira, a iniciativa de abrir novas unidades parceiras em ambos os estados, foi motivada também pela crescente procura de investidores, tanto da rede de parceiros já existente, como do próprio mercado. “Oferecemos um modelo de negócio diferenciado e mais rentável, o que desperta o interesse daqueles que sabem empreender ”, afirma.

A chegada dessas lojas na região, além de movimentar a economia local, também garante emprego e renda às pessoas. Para preencher o quadro de funcionários dessas seis lojas, por exemplo, foram contratados 32 profissionais. O objetivo da companhia é ampliar a capilaridade, abrindo novos pontos de venda em cidades que já contam com a tecnologia de quarta geração, facilitando o acesso dos clientes aos benefícios oferecidos.

Para aqueles que têm interesse, todos os anos a TIM abre oportunidades para empreendedores interessados em abrir o próprio negócio. Com um investimento inicial de R$ 100 mil, a empresa oferece uma estrutura completa, além de visibilidade da marca TIM, treinamentos direcionados, consultoria da operadora e material de comunicação