Democratizar a leitura, dar acesso a clássicos da literatura brasileira e transformar a escola em um local de convivência para comunidade. Esse é o objetivo do projeto Biblioteca Dinâmica que inaugura duas unidades neste mês de novembro em escolas públicas da Bahia. Promovido pelo Instituto Educare, com patrocínio do Instituto CCR, por meio da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura e com apoio da CCR Metrô Bahia, o projeto traz um acervo inicial de 500 livros de diversos títulos que interagem com público infantil e adulto. O espaço pretende ser um multiplicador de conhecimento, trazendo a comunidade para dentro da escola.

A primeira Biblioteca será inaugurada nesta segunda-feira, 20, às 14h, no Colégio Estadual Alaor Coutinho, situado em Praia do Forte, no município de Mata de São João. “Temos muito carinho pela biblioteca, ela é o coração da escola. Receber um acervo atualizado é a realização de um sonho para nós e para os alunos, que nos ajudaram a escolher os títulos”, conta Maria do Socorro Aquino, diretora do colégio. A tarde será animada e contará com uma programação musical especial em homenagem ao Dia da Consciência Negra, com a participação de grupos locais de samba, hip hop e música instrumental. O segundo espaço será inaugurado dia 27, também às 14h, no Colégio Leopoldo dos Reis, no bairro Dois Leões, em Salvador.

Além dos livros, o projeto traz uma mensagem latente de educação ambiental ao propor um espaço todo produzido com pallets e placas de material reciclado (compostas por aparas de tubos de creme dental e embalagens), e por uma bicicleta interativa geradora de energia alternativa. “A bicicleta é uma forma de causar um impacto de conscientização socioambiental nos estudantes e incentivar o estudo de ciências nas escolas, além de ser um atrativo para o espaço de leitura”, revela André Brasileiro, coordenador do Instituto Educare.

O equipamento cultural construído com material reciclável, dispõe de um acervo de 500 livros de literatura, selecionados exclusivamente para o público frequentador. “A doação desse bem é reafirmação do compromisso do Instituto CCR e da CCR Metrô Bahia com projetos e ações socioambientais não apenas em nosso entorno, pois expandimos a cada dia nosso legado por toda a cidade de Salvador e região metropolitana”, afirma Alvaro Britto, Relações Institucionais da CCR Metrô Bahia.

Deste modo, pensando na ambiência de espaços de leitura – afinal não há texto sem contexto –, com a Biblioteca Dinâmica, será possível garantir o acesso aos livros, bem como o estímulo ao fazer artístico por meio da literatura; além de permitir que os usuários contem com um expediente estimulante, interativo e que responde às necessidades humanas de interação social com vistas à construção de leitores de mundo. O projeto teve a consultoria técnica da historiadora Kátia Rocha e do presidente do Instituto Educare, Jonar Brasileiro.

Serviço:

Biblioteca Dinâmica

Quando: 20 e 27 de novembro, às 14h

Onde: Colégio Estadual Alaor Coutinho (Povoado de Açu da Torre, Praia do Forte – Mata de São João/BA) e Colégio Leopoldo dos Reis (Rua General Argolo, 01- Dois Leões, Salvador/BA)