O cheirinho do pão (“pane” em italiano), que na verdade é um bolo com massa enriquecida com gemas de ovos e aromatizada, pode ser sentido nas lojas da rede GBarbosa. As primeiras fornadas de fabricação própria já estão nas prateleiras dos supermercados e os sabores são diversos, desde o tradicional com frutas cristalizadas aos mais elaborados, como o trufado de chocolate. A expectativa da rede é comercializar mais de 700 mil panetones, até o final do ano, entre os de fabricação própria e industrializados. “Pretendemos aumentar as vendas acima de 20% em relação ao ano passado”, destaca Márcio Santana, diretor comercial do GBarbosa.

O processo de fabricação dos panetones do GBarbosa é artesanal e com receitas exclusivas. A empresa vai produzir fornadas semanais de 28 mil unidades que poderão ser encontradas em todas as lojas da rede, garantindo qualidade e frescor. Os clientes terão à disposição os sabores: Tradicional de Frutas Cristalizadas(R$5,99); Gotas de Chocolate e a Rosca Natalina. Já nas lojas de hipermercado do GBarbosa, os clientes vão encontrar produtos exclusivos como o panetoneTrufado de Chocolate, Trufado de Doce de Leite, Salgado Sabor de Alho, além do Pão Amsterdã.

Além dos panetones de fabricação própria, os clientes podem escolher 50 tipos industrializados de nove diferentes marcas com preços que vão de R$ 7,99 até R$43,99 (que vem dentro de uma lata temática). Entre as novidades estão o panetone recheado de brigadeiro, o gourmet com gotas de chocolate belga e frutasespeciais, além do chocotone especial com frutas vermelhas, panetone com prato natalino mini panetones para presentear amigos e familiares.

História

O panetone foi um bolo criado a partir de um “erro” do padeiro de Milão, na Itália. A lenda remonta o ano de 900 e diz que o padeiro Toni, na véspera do Natal errou a receita e jogou uvas passas na massa do pão. Aflito, para salvar a massa, ele colocou outras frutas cristalizadas, manteigas e ovos surgindo o panetone.