Casar em grande estilo é o sonho de muitas pessoas. Reunir a família em um local adequado, com o vestido certo, o melhor buffet e uma decoração divina é um processo que envolve, em média, um ou dois anos de planejamento. Mas, o que fazer quando a vontade de casar é mais forte do que nunca – porém o prazo para planejar a cerimônia encurtou? Gravidez inesperada, mudança repentina de cidade ou até mesmo a ânsia de reunir os corações apaixonados num único lar podem ser motivos para realizar um casamento em curtíssimo tempo. Pensando em orientar os noivos que estão passando por isso e direcioná-los da melhor forma possível, a equipe do Om Namô Espaço elaborou uma série de dicas para quem precisa organizar o dia mais feliz de sua vida com um deadline apertado. “Muitas pessoas ficam apreensivas, mas é algo extremamente possível. Já fiz casamentos grandes em pouco mais de um mês! É possível organizar uma festa em prazos curtos se houver objetividade e organização” explica Dida Schmidt, sócia do Om Namô Espaço.

  1. Comece pela escolha do local É o local que dará identidade ao casamento, por isso esse é o passo a ser dado antes mesmo da escolha do buffet ou dos convites. “Uma coisa que muita gente não sabe é que existe a opção de o casamento durar o fim de semana inteiro. Oferecemos isso no Om Namô e existem outros locais que também têm esse tipo de pacote. É uma possibilidade bem interessante para acolher amigos e familiares que morem em lugares distante, sem falar na vantagem de oferecer um fim de semana inteiro junto com suas pessoas favoritas” explica Renan Seminari, sócio do Om Namô.

2. Escolhido o local, é a vez da paleta de cores O ideal é começar os preparativos já com uma paleta de cores na cabeça, assim fica mais fácil escolher decoração, flores e convites com certa facilidade! A cor mostra muito o estilo do casal, de maneira que o ideal é a escolha ser feita pelos noivos em conjunto!

3. Defina a “vibe” do casório Taí uma coisa em que nem todo mundo pensa, a tal vibe: como você quer que seus convidados se sintam no seu grande dia? A ideia é fazer algo formal, com uma atmosfera de Casamento Real, ou algo mais informal, com uma pegada boho? Você quer que os convidados interajam entre si ou que fiquem sentados em seus grupos de conhecidos? A festa será de dia ou de noite? “Em casamentos com mesas marcadas, costumamos numerar os locais com porta-retratos, dão um charme especial ao evento! Já em festas mais descoladas, em que as pessoas circulam, montamos pontos de atrações diferentes como espaços para fotos, ilha de frutas, buffet, bar, ou mesmo pontos para fotos com porta-retratos espalhados pelas árvores, é uma forma de dar personalidade ao espaço de forma simples” explica Dida.

4. Defina a verba disponível  A partir do momento que você já visualizou onde, como e com que cores, defina o quanto pode gastar para conseguir a vibe escolhida para sua festa – ter um budget definido previamente facilita, e muito, as negociações com fornecedores, além de darem abertura para possíveis adequações ao orçamento. “no caso do Om Namô, temos todos os contatos de fornecedores, que por serem parceiros muitas vezes topam flexibilizar um pouco os preços para caberem nos orçamentos dos noivos” completa Renan. Com esses detalhes em mãos, é só partir para os fornecedores (ou para sua assessora) e fazer os fechamentos!