Caetano Veloso, Djavan, Marisa Monte, Fernanda Montenegro, Adriana Calcanhotto, Arnaldo Antunes, Carminho, António Zambujo, Moreno e Tom Veloso. Este é o time de cantores do disco “Depois enfim”, do violonista e compositor baiano Cézar Mendes.  O álbum com nove faixas, produzido por Arto Lindsay, Marisa Monte e Mário Caldato Jr. será distribuído pela Altafonte e lançado por etapas. O primeiro EP chega em todas as plataformas digitais nesta sexta-feira (20/04) com as faixas:  “Mande um sinal”, “Flor do Ipê” e uma regravação de “Aquele frevo axé”, interpretadas respectivamente por Djavan, Marisa e Fernanda Montenegro.

Aliás, foi “Aquele frevo axé”, a primeira composição de Cézar Mendes em meados dos anos 90. O debute já foi em parceria com Caetano Veloso e gravação de Gal Costa. Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes, Ronaldo Bastos, José Carlos Capinan, Pretinho da Serrinha, Quito Ribeiro e Tom Veloso são outros parceiros importantes ao longo da sua carreira. Com seu violão cheio de sentimento, Cézar já acompanhou muitos dos grandes nomes da nossa música e deu seu tom ao grupo “Tribalistas”. É dele as melodias de “Carnalismo” e “Pecado é lhe deixar de molho”, por exemplo.

“Este disco é o grande presente para minha carreira e vida. Ter todos esses amigos cantando minha obra me enche de alegria” diz Cézar.

Ouça aqui: https://www.dropbox.com/sh/ksm4u5spgxmdt59/AADfazusd5sKj530E-fH5msma?dl=0