João Victor Almeida de Oliveira Santos é o orgulho para o ensino baiano. O aluno do Curso Integral-interseção foi o primeiro lugar no vestibular de Medicina Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e oitavo lugar na Universidade de São Paulo (USP), curso que possui o nível mais difícil do Brasil em Medicina.

O aluno representou o Brasil na Olimpíada internacional de Biologia, em 2018, e ganhou Medalha de ouro. “O João Victor é um aluno muito focado e determinado. Quando entrou no cursinho, sonhava em ter o mesmo êxito da nossa ex-aluna Ana Luísa Smith Rocha (aprovada em Medicina em 2015, em primeiro lugar na USP e na UNICAMP), que era passar em primeiro lugar em Medicina na Unicamp”, disse Luciene Prates, Coordenadora das Turmas Olímpicas do Colégio Integral e do Curso Pré-Vestibular Integral-Interseção.

Gabriel Santana Leão dos Anjos, outro aluno do Integral-interseção, foi primeiro lugar também em Medicina, mas na Universidade de Brasília (UNB), além de ter sido aprovado também em Medicina na USP. “Geralmente são alunos que fazem aqui mais de um ano de curso e que já têm em mente, desde cedo, o curso que querem fazer e qual a faculdade que querem estudar. Aqui no Integral-interseção, temos um foco muito forte para quem vai prestar o vestibular para Medicina. Além de tudo, trabalhamos desde 1998 com os conteúdos cobrados pela USP e Unicamp”, disse Prates.