Com mais de 80 músicas inscritas nas categorias Poesia e Tema, o Festival de Música Negra do Ilê selecionou, no último sábado (16), as seis canções – três de cada categoria – que agora passam a fazer parte do repertório de verão e Carnaval da Band’Aiyê. Além da apresentação das 20 canções finalistas, a noite, que aconteceu na Senzala do Barro Preto, contou com show da Band’aiyê e participação especial da banda Movimento.

Foram apresentadas 12 músicas da categoria Poesia, em que o compositor é livre para expressar sua criatividade e sentimentos com letras que resgatam a autoestima, história e valorização da negritude, e oito da categoria Tema, na qual os candidatos têm como inspiração o tema escolhido para o Carnaval de 2018: “Mandela. A Azânia celebra o centenário de seu Madiba”.

O júri foi formado por membros da ala de canto, percussão, direção, dança e compositores que já ganharam em outras edições do concurso. “Além do prêmio em dinheiro, os compositores vencedores passam a ter suas canções incluídas nos espetáculos do Ilê Aiyê, integrando com destaque o repertório do próximo Carnaval”, realçou Sandro Telles, coordenador do Festival.Confira as canções vencedoras abaixo:

Categoria Tema

1°Lugar

Música: Oração a Mandela

Compositores: Marcos Poça Olho e Julinho Magaiver

2° Lugar

Música: Lança da Nação

Compositores: Edilson Bambambam e Cau Sambão

3° Lugar

Música: Símbolo de uma raça

Compositores: Valfredo Reluzente e Tadeu Correia

 

Categoria Poesia

1° Lugar

Música: Sedução

Compositores: Josiel Teixeira e Paulete

2° Lugar

Música: Reviravolta Ilê

Compositores: JC Cabelo e Thiago da Bahia

3° Lugar

Música: Eu sou do Ilê

Compositor: Jaelson Jack