A Mulher no Cinema é uma das sessões especiais programadas para o XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema, que acontece de 8 a 15 de novembro, em Salvador e Cachoeira. Serão exibidos o longa Cinéast(e)s, de Julie Gayet e Mathieu Busson, que entrevista diretoras para debater a participação feminina na produção cinematográfica; e o curta Histórias Maternas (Histoires Maternelles), de Anouk Dominguez-Degen, que explora as nuances dos instintos maternos.

“Nossa proposta é criar um espaço de reflexão sobre o lugar da mulher no cinema”, explica a cineasta Marília Hughes, coordenadora e curadora do Panorama.

A programação inclui outras duas sessões especiais. A primeira delas irá exibir Zama (2017), de Lucrécia Martel, longa que traz a saga de um oficial da Coroa Espanhola nascido na América do Sul. Cansado de esperar pela tão desejada transferência, ele acaba partindo em busca de um bandido perigoso. A segunda sessão será com A Negação do Brasil (2000), de Joel Zito Araujo, que analisa o papel dos atores negros na história da telenovela.

A sessão Cineclube Walter da Silveira realiza a  primeira exibição da cópia restaurada de A Grande Cidade (1966), em Salvador. Dirigido por Cacá Diegues e protagonizado por Anecy Rocha, irmã de Glauber Rocha, o filme mostra uma nordestina que vai para o Rio de Janeiro em busca do noivo e descobre que ele se tornou um temido assaltante.

O XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema acontece de 08 a 15 de novembro, em Salvador e Cachoeira. O festival conta com patrocínio da Petrobras; apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura; e apoio institucional da Prefeitura de Cachoeira.