A previdência privada é uma das formas de investimento para os pais planejarem o futuro dos filhos, sendo que alguns inclusive já substituem ou complementam o presente de Dia das Crianças por um polpudo aporte. Segundo a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), no primeiro semestre de 2017, as contribuições aos planos para menores somaram R$ 921,45 milhões. O resultado é 1,69% superior ao montante acumulado nos primeiros seis meses de 2016.

Mas antes de adquirir a previdência privada, é preciso conhecer as diferenças de cada plano e traçar um objetivo claro no longo prazo. Pode-se iniciar a previdência em qualquer idade, mas quanto antes, melhor. Para atender as demandas, a Porto Seguro Previdência oferece planos com opções atrativas, além de taxas e valores de contribuição diferenciados.

Segundo o gerente da Sucursal-BA, Eduardo Scartezini, a Porto Seguro Previdência possui as categorias Rubi e Diamante, que são multifundos, permitindo ao cliente escolher onde alocar seus recursos entre os diferentes fundos disponíveis.

E ele complementa: “se você contratar a Previdência Infantil para uma criança recém-nascida, contribuindo mensalmente com R$ 300, quando ela tiver 18 anos o fundo acumulado poderá ser de cerca de aproximadamente R$ 100 mil, para uma rentabilidade estimada de 6% ao ano”, exemplifica Eduardo Scartezini.

A Porto Seguro Previdência possui um simulador online, que possibilita verificar, de acordo com o preenchimento de informações como idade, sexo e planos para o futuro, qual o produto mais adequado para cada pessoa. O simulador e todas as informações estão disponíveis no site: http://www.portoseguro.com.br/previdencia.