Nesta sexta-feira, dia 29, é o Dia Mundial do Coração. A data organizada pela Federação Mundial do Coração serve de alerta e incentivo para os cuidados necessários para prevenir as doenças cardiovasculares. A adoção de hábitos de vida mais saudáveis, como a pratica regular de atividade física aliada a adoção de uma dieta saudável, ao abandono do tabagismo, a redução do consumo de álcool e à diminuição do estresse, estão entre as principais recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia para redução do risco de doenças cardíacas.

Considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como a principal causa de mortes prematuras no mundo, as doenças cardiovasculares vitimam mais de 17 milhões de pessoas por ano. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, o problema é responsável por cerca de 30% do total de mortes. Entre os principais fatores de risco para o infarto e outras doenças relacionadas ao coração estão o tabagismo, sedentarismo, obesidade, diabetes, colesterol e a hipertensão.

Ainda de acordo com a OMS, a prática de 30 minutos de atividade física diária ajuda a prevenir os problemas relacionados ao coração e a saúde como um todo. Mas, para que a prática de atividade surta resultado pretendido é preciso que os exercícios sejam feitos de maneira adequada, para isso é necessário que a pessoa tenha o acompanhamento de um profissional de Educação Física, destaca o educador físico Alfredo Gomes, coordenador geral da Hammer Fitness Club.

“Também é necessário que as pessoas que já tenham diagnóstico de algum problema cardiovascular ou doenças relacionadas passem pelo acompanhamento de um médico, é este profissional que irá, de acordo com o histórico de saúde do seu paciente, indicar a capacidade da pessoa para realização de exercícios físicos”, alerta o educador físico.  Para quem está iniciando a rotina de treino, além da liberação médica, o indicado é que este comece por atividades aeróbicas, como caminhadas, corridas e natação e vá evoluindo para outros tipos de exercícios a exemplo da musculação e ginástica, orienta Gomes.