Os produtores independentes de conteúdo audiovisual ganham um espaço na grade televisiva de Salvador, Simões Filho, Lauro de Freitas e Ilha de Itaparica com o lançamento da TV Kirimurê,  no último dia 20 de novembro – Dia da Consciência Negra.  A tevê se apresenta como o primeiro Canal da Cidadania do Brasil. E o mais inovador: abre sua pauta para a apresentação de conteúdos produzidos pela sociedade civil brasileira, mediante análise de sua comissão gestora.

O canal operará na faixa 10.2, em canal aberto e TV por assinatura, com sinal digital, com apresentação de Dina Lopez. O Canal da Cidadania foi conquistado através da Organização Social Filhos do Mundo – FEME. A concessão foi aprovada, por meio da portaria 489, de 18 de dezembro de 2012, do Ministério das Comunicações para operar a faixa de Canal da Cidadania do Brasil em TV aberta e por assinatura, integrado ao projeto de democratização da comunicação, conforme é garantido pela Constituição Brasileira.

A TV Kirimurê nasce com o objetivo de atuar na democratização da comunicação, promovendo a universalização dos direitos à informação, comunicação, formação e à cultura, fomentando novas janelas audiovisuais, para atender uma demanda de escoamento de conteúdo produzido pelas produtoras independentes locais, coletivos de audiovisual, movimentos temáticos, conteúdos realizados por associações entre outros.

Na pauta, atenção para questões sobre esporte, crianças, associativismo e empoderamento da mulher.  Quem tiver interesse de enviar sugestões para a programação do canal, deve enviar uma pauta para o e-mail kirimuretv@gmail.com. Participe!

 

SERVIÇO – TV Kirimurê

Canal digital: 10.2 (TV aberta e por assinatura)

Sugestões de pauta: kirimuretv@gmail.com

Facebook – www.facebook.com/tvkirimure

OBS: Foto reprodução na rede social da TV Kirimurê