Reduzir medidas, eliminar flacidez,  tirar manchas e rejuvenescer são desejos da maioria das mulheres. É cada vez maior o número de homens e mulheres em busca de inovações que melhorem a aparência física e o bem-estar. Na clínica Andrea Botto, no Hospital da Bahia, a dermatologista Andrea Botto e a fisioterapeuta Janina Andrade estão com novidades para rejuvenescimento e cuidados com a pele. São tecnologias que podem ser usadas ao mesmo tempo para atingir todas as camadas da pele e essas associações têm sido cada vez mais discutidas em congressos nacionais e internacionais.

Quando o assunto é a face, a especialista Andrea Botto explica que a região é composta por epiderme, derme, subcutâneo, músculo e  mucosa interna (boca). O processo de envelhecimento acontece em todas essas áreas. “Para garantir um tratamento rejuvenescedor eficaz, a tendência é atuar em todas as camadas da pele”, destaca a médica. Entre as inovações disponíveis na clínica destacam-se a “radiofrequência com microagulhamento” para tratamento de cicatrizes de acne, rejuvenescimento, estrias, queda de cabelos e hiper hidrose axilar; o “ultrassom microfocado Megafocus”,para flacidez de face, pescoço e corpo; e o laser “Vektra”, específico para tratamento de olheiras e remoção de tatuagens escuras e coloridas.

De acordo com a dermatologista, atualmente, os tratamentos estéticos podem ser isolados – cada um realizado de uma vez – ou combinados, todos em um único dia, de modo que promovam um rejuvenescimento global. “Hoje, as tecnologias que nos permitem fazer essa sinergia são o “ultrassom microfocado” + “rádio frequência microagulhada” + “laser Erbium intraoral” + “o laser Erbium 2940”. Esses procedimentos não são invasivos e promovem a melhora da textura da pele, estimulando a produção de colágeno, deixando a pele mais viçosa e bonita”, conta.

Mais informações:

Megafocus – Ultrassom focado no músculo

Com apenas uma sessão, o equipamento é capaz de elevar a face após agir direcionado ao músculo, revertendo os efeitos da gravidade e do tempo, através da produção de colágeno, promovendo um lifting facial natural e não cirúrgico. De forma simples e indolor, o aparelho promove pontos de coagulação e encurtamento das fibras musculares que vão resultar no rejuvenescimento e enrijecimento de face, pescoço e corpo. Os efeitos são imediatos e duradouros, mas a evolução  final pode ser percebida três meses depois da realização do procedimento, período que o colágeno continua a ser produzido. O paciente pode voltar às atividades normais após o procedimento.

Eletroderme – Radiofrequência Microagulhada (Derme)

A novidade atua utilizando agulhas – de aço cirúrgico ou de titânio banhadas a ouro – que são introduzidas na pele, resguardando a superfície, para provocar a elevação da temperatura da pele, estimulando a produção de colágeno e, também, recomposição das fibras rompidas durante o processo de cicatrização. A área com micro perfurações recebe aplicação de medicamento – clareadores ou antioxidantes – procedimento também conhecido como drug delivery. A técnica indolor – indicada para tratamento de cicatrizes de acne, rejuvenescimento, estrias, queda de cabelos e hiper hidrose axilar –  deixa a pele mais lisa, firme e clareia as manchas.  A depender do caso, são indicadas  quatro sessões, com intervalos mensais.

Laser fracionado de alta frequência (Ponteira 1.064 – Vectra)

Específico para tratamento de olheiras, melasma  e remoção de tatuagens escuras e coloridas, o laser atua nas lesões pigmentadas mais profundas da pele, preservando sem danificar as áreas ao redor.  Promove o clareamento da região tratada de forma segura e indolor. Como o tratamento não causa feridas e a pelo do paciente não fica marcada, as atividades do dia a dia podem ser realizadas normalmente. A depender do caso, são indicadas de duas a quatro sessões.

Foto: Crisna Pires

andrea-botto-e-janina-andrade1